11/01/09

esclarecido ou ainda não?

Já começo a estar farta dessa pergunta mas como insistem em interrogar-me, façamos um último esforço.


Ciúme é algo que advém directamente de insegurança e não de amor. Curiosamente acho que essa insegurança está mais relacionada consigo mesmo do que com o outro.

Fiéis são os cães e eu não sou cão, nem uso trela. Todas as relações sejam elas amorosas, amistosas, familiares ou profissionais, apoiam-se em acordos mútuos que devem ser claramente definidos e cumpridos.

Traição é a violação de qualquer acordo mutuamente e livremente estabelecido e aceite, seja ele qual for. Convém desfazer primeiro o contrato se não se pretende cumprir o acordado.

Poligamia é uma característica nata dos animais, incluindo os racionais.


Homens e mulheres não nascem naturalmente monogâmicos, este é um dado adquirido por normas sociais e religiosas. Assim sendo, não me parece de estranhar que, mesmo optando pelo cumprimento da norma de manter um único parceiro sexual, haja impedimento a que se olhe (facto que não tira bocado a nada), se fale (as palavras não se gastam), se sinta (existe uma imensa diversidade de sentimentos) ou memo se deseje ou fantasie (que a mente humana é maior que o mundo inteiro). Certo é que possuimos coisas, não pessoas.

Sendo que todas as relações entre seres humanos são uma opção, cada um é livre de a iniciar ou terminar a qualquer momento, já que sentimentos não são coisa que possamos forçar-nos ou ser forçados a ter. Convém que a outra parte seja informada, já que é parte activa da relação.

Quando não confiamos em nós próprios, dificilmente confiaremos em alguém. É como aquela frase “se eu não gosto de mim, quem irá gostar?!”

Finalmente, entendo que quando dois estão bem a dois, nenhum terceiro lá entra, por mais que tente. Se entrar é porque o inicio da frase anterior não existia e como tal, a falha não está na entrada de terceiro, mas na falta de análise sobre a própria união dois. Assim, a traição não está no acto mas muito atrás, precisamente naquele ponto não analisado, não discutido, não assumido e não comunicado, logo, não resolvido.


60 comentários:

Ricardo disse...

Ora nem mais, eu também penso assim e não acredito em segundas oportunidades!

Beijo

Safira disse...

hello!
para primeira visita, fiquei impressionada com a clareza dos conceitos. Eu cá estou esclarecida, mas há muita gente que ainda faz muita confusão com estas coisas dos sentimentos. E que acredita que depois de uma traição (seja ela qual for) pode perdurar o que quer que seja.

Um beijinho

Å®t Øf £övë disse...

Concordo inteiramente não só com as tuas definições, como também com a tua dissertação. Já por diversas vezes abordei esses temas nos meus blogues, e sabes que tudo o que tenho escrito vai ao encontro do que tu aqui dizes. Por isso abstenho-me de fazer mais qualquer tipo de comentário, sob pena de me tornar repetitivo.
Beijinhos.

Anónimo disse...

e se alguém te traisse?

mfc disse...

Perfeitamente de acordo.
Gosto das coisas clarinhas!

António Sabão disse...

Ainda não! :(
Bjinhos

Teté disse...

E depois de tudo tão bem esclarecido, o que resta acrescentar?

Nada, apenas assinar por baixo... :)

Beijocas!

DANTE disse...

Tá explicado uma coisa que não tem explicação possível. Mas é uma boa teoria...

Jokas :)

Nux@ disse...

Gostei...

Digo muitas vezes essa frase: "Se não gosto de mim, quem gostará..." é a mais pura das verdades tudo aquilo que escreves-te.

;-)

Gata Verde disse...

Nunca falaste tão acertado!!
;)

beijocas

Atlantys disse...

Subscrevo inteiramente =)

(e aplaudo também ;-) )

Marquês de Sade disse...

Olá...
Convido-te para um pequeno desafio.
Passa pelo meu cantinho!

Bj

Salto-Alto disse...

Não podia concordar mais contigo! Muito muito muito bem escrito e explicado, parabéns! :)

Beijocas!

Miguel disse...

gosto das coisas assim bem esclarecidas :)

shark disse...

Eu não concordo com apenas um aspecto, aquele que diz que numa relação a dois sólida não há lugar à entrada de terceiros.
Isso soa-me a generalização, sempre movediços tais terrenos, e assume (presume) um arquétipo de relação "ideal" que contraria a tal poligamia instintiva que, e muito bem, referes...
Existem relações, mais do que se pensa, que não se regem pela sensibilidade (predominantemente) feminina a estas questões e admitem as tais entradas (ou simples passagens) de terceiros às claras e de acordo com pressupostos assumidos com tanta dignidade e pertinência como os clássicos dos contos de fadas que raramente passam do plano da s boas intenções.

Miriamdomar disse...

Depois de uma dissertação, tão pormenorizada!Só não fica esclarecido, quem não quiser!
Doa a quem doer ,estas são as verdades!
Gostei de ver as verdades, tão bem estampadas!:)

escarlate.due disse...

oh Ricardo, eu não discuti a questão segundas oportunidades :P não ponhas palavras em mim

beijo

escarlate.due disse...

Seja muito bem vinda Safira, é um prazer tê-la por aqui :)

não admira que se faça confusão, afinal o tema sentimentos não é assim tão simplório

beijinhos

escarlate.due disse...

também conheço a tua opinião, Å®t, só não acho que seja assim tão tão tão igual à minha, mas andam pertinho as duas :)

beijinhos

escarlate.due disse...

oh Anónimo, tu tem dó de mim! já te aturei uma tarde inteirinha, já reconheci que não devo ter vocação nenhuma para professora pois não consigo explicar-te melhor, o que é que tu queres mais???
:P
vai trabalhar pah!

escarlate.due disse...

clarinhas eu também gosto, MFC, não sou adepta de surpresas

escarlate.due disse...

temos pena, António!! lol
beijinhos :)

escarlate.due disse...

cuidado com essas assinaturas, Tete
:)
beijocas

escarlate.due disse...

achas, Dante?
:)
jokas

escarlate.due disse...

também gostei do que escreveste! Nux@
:)

escarlate.due disse...

queres tu dizer que das outras vezes só digo asneiras, Gatinha? :P
beijocas

escarlate.due disse...

aplaudir, Atlantys? alto lá que eu não sou atriz!!! :P

escarlate.due disse...

passarei, Marquês! mas desafios tipo correntinhas, memes e afins é melhor avisar que tenho alergia
beijo

escarlate.due disse...

parabéns? ainda faltam 6 meses para fazer anos, Salto-Alto
beijocas

escarlate.due disse...

nisso concordo, Miguel, também gosto de coisas esclarecidas

escarlate.due disse...

pois eu, Shark, ao contrário, acho que não estamos nada em desacordo.
isto porque afirmas o seguinte:
"entradas (ou simples passagens) de terceiros às claras e de acordo com pressupostos assumidos"

"ora eu afirmei o seguinte:
Convém que a outra parte seja informada, já que é parte activa da relação."
"a traição não está no acto mas muito atrás, precisamente naquele ponto não analisado, não discutido, não assumido e não comunicado, logo, não resolvido."
e estas duas porque comecei logo por dizer que:
"apoiam-se em acordos mútuos que devem ser claramente definidos e cumpridos."

agora cruza todas essas variaveis, sff

como vês, mantenho o que disse "quando dois estão bem não entra um terceiro"
isto é, não há terceiro que estrague deliberadamente e únicamente por sua vontade a relação dos dois. note-se que estou a falar de uma relação e não de um acto sexual.

mais clara?
posso tentar:
se uma relação entre 2 pessoas é (no momento) sólida, não adianta 1 terceiro tentar destrui-la porque não consegue. pode entrar ou passar, se o acordo dos dois o permitir, que nem mesmo assim a destruirá.
é precisamente este ponto que para mim é fundamental em qualquer relação: as regras da mesma são definidas a dois, claramente e são reajustadas tantas vezes quantas achem necessárias e essas regras pertencem exclusivamente àquele relação portanto podem ser aberrantes para uns e normalissimas para outros. a única coisa que é imprescindivel é que sejam aceites livremente pelos membros da relação para que não haja lugar ao não cumprimento.

quanto aos contos de fadas... fizeram sentido num tempo e espaço próprios, eu prefiro seguir os meus próprios contos

Sandra disse...

Também concordo plenamente com o que foi escrito. Quando se deixa o 3o entrar é porque, definitivamente, as coisas não estão bem. Caso contrário, esse 3o não existiria! E também não acredito nas teorias modernas de que um 3o apimenta a relação a dois. A mim não apimenta mesmo nada!

escarlate.due disse...

Miriam, tu por favor não chames a isto dissertação que ainda vem de lá algum doutor e fecha-me o blogue! :)

Pedro Barata disse...

Gostei do post!!! Adorei sobretudo a parte do ciúme, grande, grande verdade!
Beijinhos

escarlate.due disse...

Sandra, depende do que se entende por entrar. actos e sentimentos não são sinónimo. foi o que tentei clarificar mais acima com o Shark.
o que tem é de ser tudo bastante claro para ambos poderem saber exactamente que acordo têm. o teor de cada acordo, eu não discuto, é opção de cada um

escarlate.due disse...

o ciúme Pedro, é algo que no fundo prejudica mais quem o sente do que o alvo

shark disse...

Esclarecido!
Afinal há mesmo convergência.
Perdoa-me a falha de interpretação, Escarlate.

escarlate.due disse...

a falha não foi sua Shark, mas minha que deixei pontos mal esclarecidos.
ainda bem, porque eu adoro 1 boa discussão

O Guardião disse...

Não sei se tudo é tão simples assim, e nem me arrogo de autoridade para dar palpites, porque tenho um currículum bastante mau, embora creia que agora acertei.
Cumps

Armindo Guimarães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Armindo Guimarães disse...

Toda a definição pode ser discutivel, mas eu gostei dessas.

Abraços

Sam disse...

puff...essas coisas pra mim passam-me todas ao ladex:eu já traí namoradas, já andei com gaijas casadas, ás vezes ciumento outras vezes cagando e andando e num importo que salte mais um(a) a bordo!
a cêna é num ter essas merdas de "consciencia" de "remorço" ou outras merdas que so atrapalham e atromentam!
beijinho doce!

Sam disse...

ps: tas a ver o comentário desse Ricardo aí em cima? " não acredito em segundas oportunidades!" quem caralho são as pessoas para "darem 2 oportunidades" foda-se isso é Socrates e são foleiras c'mo caralhe!

escarlate.due disse...

definirmos regras para nós próprios. Guardião, não significa que nos estejamos a arrogar autoritários. sendo que em mim quem manda sou eu e os outros que façam o que entenderem.
os meus palpites aplicam-se a mim, não aos outros e este é o único conselho que dou: cada um cuide de si

escarlate.due disse...

claro que pode ser discutivel, Armindo, como definições em si mesmas.
estas são as minhas e aplicam-se a mim, como já referi, cada um que defina as suas regras

escarlate.due disse...

mas claro Sam, essas são as tuas regras, quem quiser que as aceite, quem não quiser que salte fora. não tenho nada a favor e nem contra porque repito: da vida de cada um, cada um é senhor, por isso mesmo não aceito que julguem a minha forma de viver, tal como eu não julgo a dos outros.
aliás é essa também a razão pela qual, não julgo o Ricardo, seja ou não coincidente com a minha, a forma de de ele ver as relações humanas. é que não existem verdades absolutas e eu não sou nem deus e nem juiz

beijinho doce, Sam

Sam disse...

o "politicamente/socialmente correcto" tb me atrapalha pá! claro que posso julgar! é como a cena de "gostos não se discutem" ai discute-se sim! eu não sou deus mas sou o capitão da minha alma.
que benito né? agora inté fiquei admirado!

escarlate.due disse...

é claro que se discutem mas discutir e julgar não são sinónimos.
julgar só mesmos os meus actos e decisões, não os dos outros.
em relação a mim, sim sou sumidade nas decisões! mas nunca em relação à dos outros

doce beijo Sam

PreDatado disse...

A monogamia, tal como o acordo ortográfico, é-nos imposta por decreto.

claras manhãs disse...

Digo-te uma coisa que me disseste uma vez.
Isto é uma lição de vida!
Só espero que todos que concordam com tanta rapidez o façam com convicção e não se esqueçam desta lição, que é fácil de esquecer quando chega a hora


Minha querida, tenho um prémio para ti, mas ainda o estou a fazer.
É postado aí pela uma da manhã.

beijinho grande

Sophia disse...

Claro e simples!

;) Baci

A Luz A Sombra disse...

Aqui penso da mesma maneira. Gostei.
A Luz A Sombra

escarlate.due disse...

também por decreto, PreDatado, afinal vivemos numa sociedade

escarlate.due disse...

não pretendo dar lições a ninguém aqui, Claras Manhãs, apenas escrevo.

passarei por lá, mas... não gosto de correntes, memes e afins e não creio que mereça algum prémio que de qualquer forma te agradeço!
beijinhos

escarlate.due disse...

baci, Sophia :)

escarlate.due disse...

e eu gosto da sua presença, LuzSombra

bjecas disse...

Consultório sentimental? Bom negócio pá...

Limpei-me a uma toalha... poderá a senhora da lavandaria engravidar?

Jinhos stôra

\m/

escarlate.due disse...

é que nem duvides, Bjecas! engravida de certezinha!!!

quando quiseres deixar mensagens a stôras procura fazê-lo no blog certo!

Alien David Sousa disse...

Adorei.Ponto final.

Saudações alienígenas

escarlate.due disse...

saudações Alien