22/04/09

friends

Decididamente não gosto que me tratem por fofinha, flor, princesa, gatinha, xuxu e afins. Dá-me sempre a impressão que a pessoa não faz a menor ideia quem sou e, por via das dúvidas, trata toda a gente por igual, não vá enganar-se.

De igual modo nunca gostei de entrar numa qualquer loja e ser tratada por “a menina”. Ao contrário do que se possa pensar, não me parece tratar-se de um elogio, porque eu realmente sempre apreciei todas as idades por que passei e o tempo de menina já foi no milénio passado, assim sendo, a designação assemelha-se mais a um abuso de confiança por parte do empregado ou dono de estabelecimento que, sinceramente, não conheço de lado nenhum e a quem não permiti qualquer intimidade.

Tudo isto para chegar à designação “amigo”.

É que na mesma linha de pensamento, não consigo encaixar que alguém que acaba de me conhecer me trate por amiga, tal como não passaria pelo sentido fazê-lo. Amigo não é uma coisa que nasça de geração espontânea, que surja assim do nada ou que exista só porque sim.

Conheço pessoas há vários anos que são excelentes colegas, mas que provavelmente nunca serão amigos. Outros há, que dificilmente irão ultrapassar aquela barreira do simples conhecido. Um elevado número mantém-se na posição do quase amigo que é muito similar ao que designo por projecto de amigo.

Amigo? Amigo é alguém com quem mantenho uma relação muito especial, com características muito próprias. Alguém em quem confio, por quem nutro um imenso carinho, de quem discordo e com quem discuto sem que a proximidade seja abalada, até porque a concordância não é imposta nem exigida, mas o respeito pela diversidade sim, com quem converso mesmo em silêncio, que se afasta fisicamente permanecendo sempre ali, com quem mantenho uma intimidade completamente assexuada porque amigo não é homem nem mulher, é amigo. Tudo o resto, na melhor das hipóteses, será um potencial projecto de amigo.

21 comentários:

Cati disse...

Partilho completamente do teu ponto de vista!

Beijoca e bom dia!

Olhos Dourados disse...

Pois é, e o que importa não é a quantidade mas a qualidade.

cassamia disse...

subbscrevo completamente!

vício disse...

não deves dar tanta importância a essas coisas!
essas palavras, quando usadas, normalmente são o reflexo de quem as usa! sem conteúdo!

osbandalhos disse...

É o que pensa que amigo é?

francis disse...

de acordo.

Capitão Merda disse...

Tudo bem... Escarlate!

Miriamdomar disse...

Quem diria!
Descobriste ,uma ,das coisas que me irrita o fígado!
A amizade verdadeira é demasiado preciosa e rara!

Maria disse...

Completamente de acordo. Mais, diria que concordo completamente...
:)

António Sabão disse...

Olá Escarlate!
Beijooooooooo

João disse...

É mesmo isso, bem dito. Ou segundo um novo acordo ortografico daqui a uns anos 'bem dizido' ehehehe

Cão(somente) disse...

Então como é que queres que te trate?
Oh... pst, hei, tá a "óvir"?
Irra qué xquisita! eheheh

Concordo! Especialmente nessa do "amigo". Há um hábito, uma mania de tratar tudo e todos por amigos. Vulgariza-se tanto a "amizade" que os cépticos, como eu, cada vez mais vêem o número de amigos reduzido. Poucos mas bons, é o que importa.
Beijinho (foooofa) eheheh.

Ricardo disse...

É engraçado que tinha muito o habito de chamar algumas pessoas de , caro amigo ou cara amiga mesmo sabendo que isso estava errado.
Pois, tal como tu também tenho uma noção da verdadeira amizade, muito vincada e realista.
Tenho centenas de conhecidos, largas dezenas de colegas, mas amigos verdadeiros, chega uma mão só, para os contabilizar!

Beijo

shark disse...

E quais são os requisitos a preencher pelos projectos de amigo para subirem de escalão?
:)

antónio paiva disse...

...

ó moça (pode ser que assim passe), mas dizia eu; ó moça, só não escrevo a bermelho, porque sou info-ex-coisa-e-tal, e não sei como se faz, caso contrário, não era a bermelho, era a bermelhão.

e, quando quiseres ser minha amiga, inscreve-te primeiro e paga a jóia ou o rubi, ou lá como se chama essa coisa.

beijo, mas sem intimidades nem amizades, que eu não sou de badalhoquices.

:p:p:p:p

bjecas disse...

Comichosa!
Trato as 'minhas' velhinhas por 'querida amiguinha' e elas gostam.

Jocas Sra. D. Escarlate

\m/

Paulo disse...

É por isso que nós temos orgulho quando nos chamas amigos!

Posso continuar a chamar-te miúda?
Bj miúda ;)

Teté disse...

Bom, também conheci um fulano que tratava todas as mulheres por gatinha. Ele era muito namoradeiro (forma simpática de o qualificar) e assim tinha a certeza de nunca se enganar no nome. Pessoalmente, antipatizava bastante com o tratamento "universal"! Até porque eu não fazia parte do seu séquito...

Nunca trato os meus poucos amigos por amigo, salvo raríssimas excepções. Mas não vejo nada de mal na utilização da expressão, como modo simpático de nos dirigirmos a outrém. O pai de uma amiga minha (essa amiga mesmo), sempre que lhe telefonava para casa, tratava-me sempre assim, e só o vi uma vez, de relance.

É tornar a expressão trivial? OK! Mas o sentimento da amizade não se traduz apenas na palavra, não é verdade?

Beijocas!

Pedro Barata disse...

Olha eu uso muito esse termo a falar com as pessoas! Nunca aqui vou comentar dizendo amiga, senão levo chumbo! Lol
Beijinhos

jardinsdeLaura disse...

escarlate.com

O teu texto abordou um "problema" que me coloco com frequência quando um texto me agrada ou mais do que isso me "toca"! Por vezes essa sensibilidade, nascida da forma como senti as palavras pode(sem que tenha plena consciência) levar-me a escolher uma forma de abordagem carregada de sentimento(e talvez nem sempre de sentido!) Hoje, quando isso acontece, sinto-me completamente perdida!! Porquê? Porque no início nem sequer me questionava e avançava movida apenas pelo sentimento gerado na leitura... acabando por ser mal interpretada!!Hoje ao sentir-me perdida hesito mil vezes na procura da palavra certa para a abordagem "adequada" sentindo que talvez tenha ganho em precaução o que perdi em espontaneidade!!
Por isso desde já te peço que penses no que agora te escrevi se algum dia a minha "abordagem" a um Post teu te pareceu menos adequada ou até abusada! A intenção, posso garantir-te que não foi nem será nunca essa!
Quanto ao texto em si mesmo, gostei! Bem construído! Além disso será tido em conta nos próximos comentários!

陳奕迅Eason disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色