04/06/09

qualquer semelhança entre uma e outra é pura coincidência!

As passeadeiras são sem dúvida alguma, uma coisa verdadeiramente imprescindível num país habitado por um povo civilizado, educado, respeitador.

A passeadeira é um óptimo local para revermos a nossa vidinha, recordarmos os tempos de criança, viajarmos até à lua, programarmos o futuro e tomarmos as decisões difíceis da vida do género atravesso-não-atravesso, enquanto avançamos e recuamos ao som do arranca-trava, buzinadelas e caras de poucos amigos.

Servem ainda para escrever mensagens enquanto circulamos ou conversar animadamente ao telemóvel com o vizinho, o colega, o amigo que não víamos desde a pré-história, o patrão mais chato que sei lá o quê que tem sempre uma coisinha para perguntar, como se nos andasse a controlar os passos, enfim, o periquito o canário, o cão e o gato, qualquer um serve desde que seja ao telemóvel no momento de pisarmos a passeadeira.

Mas não fica por aqui a sua utilidade. Na verdade, ela é considerada o local ideal para beijar o parceiro, discutir com a amiga que teve uma daquelas ideias geniais para nos lixar a vida ou, tão-somente, pormos a conversa em dia com aquela pessoa que vimos ontem, anteontem e a semana passada, mas tem sempre uma novidade que nos arranca um “aaahhh, não me digas?!” enquanto paramos abismados sobre as listas paralelas.

Como último recurso as passeadeiras oferecem a derradeira oportunidade de nos estatelarmos no chão, ou apenas espalhar nele a carrada de livros, papéis, exames e outras porcarias que possamos transportar qual burros de carga, obrigando uns simpáticos transeuntes a fazerem a boa acção do dia, enquanto se engarrafa o trânsito.

Há que treinar desde a mais tenra idade a usar a passeadeira e para isso nada melhor que desde putos aprendermos a entrar em veloz corrida para a qual se ganhou balanço no princípio da rua ou do 2º andar do prédio em frente. Podemos igualmente treinar jogando à bola no passeio mais próximo fazendo pontaria às listas brancas ou arrancarmos a alta velocidade para o outro lado da estrada na bicicleta que o tio nos ofereceu no aniversário.

É claro que a passeadeira tem também, aquela utilidade banal de ser o local ideal para passear paulatinamente, daí designar-se passeadeira.

As passeadeiras podiam existir, única e exclusivamente, para atravessarmos a rua de um para outro lado, mas não, têm mais um sem número de funções, como aqui descrevi. Aliás, para atravessar de um para o outro lado da rua, já tínhamos as passadeiras e não precisávamos das passeadeiras para nada!


curioso que quando os mesmos vão ao volante já não lhe acham piada...


tenham um excelente fim de semana



24 comentários:

João disse...

Dos teus textos mais engraçados e originais hehehehe

''Como último recurso as passeadeiras oferecem a derradeira oportunidade de nos estatelarmos no chão'' LoooL

Sofá Amarelo disse...

Dualidades!

Dualidades é algo que eu escrevi há muitos anos no tempo da escola e em que referia que na vida somos dualistas: ou somos automobilistas ou somos peões, ou somos pais ou somos filhos, ou somos compradores ou somos vendedores, ou somos chefes ou somos subordinados... dualidades!

Beijinhos! Muitos!!!

CybeRider disse...

Fantástico Escarlate! Grande momento! Tentei em tempos uma abordagem muito mal sucedida a esse tema. Dominaste com grande mestria. De aplaudir de pé.

O que me dá mesmo uma má sensação são aquelas aituações em que alguém fica a observar a natureza à entrada da "passeadeira", o trânsito pára e elas acenam um "não" com um ar sorridente... Fico logo a pensar em pegar-lhe num bracinho e levá-las amigávelmente para o outro lado. Que isto de gozar direitos é muito bom, mas deviam-se também cumprir os deveres. :)

DANTE disse...

As passadeiras estão para os condutores como as passeadeiras estão para os guiadores.
Equilibrio natural minha cara Escarlate ;D

Beijo :)

Ana disse...

Pois eu acrescento mais duas!

Foi numa passeadeira que fui atropelada quando tinha 6 anos; e foi também numa passeadeira que, há uns tempos, encontrei uma nota de 100€.

Beijoss

lélé disse...

Tens razão. Eu, como peoa (como é que se diz peão no feminino?), que já muitas vezes tive de ser quase "voadora", reconheço que, enquanto os automobilistas se tornaram, no geral, mais educados, os peões tornaram-se estúpidos.
Se calhar é por isso que a Câmara cá deste município decidiu tirar "passeadeiras", pô-las em locais absurdos ou simplesmente torná-las 10 vezes maiores e aéreas!...

Dias disse...

Coolness, grande post :) !!

Sou um dos que no final apontas, pessimo ao volante e pior ainda como peão :)

Beijocas passeadas

Sophia disse...

LOL! Muito bom!

Baci

Olhos Dourados disse...

Pois é, às vezes parece que escolhem as passadeiras para essas coisas...

Teté disse...

Estava a ler e a pensar: passeadeiras? Será que sempre li e escrevi mal?!

Mas tens razão, uma coisa é ir em passeio pelas ditas, outra é ir ao volante do carro e esperar que os "ilustres" passeantes acabem a passeata e, renitentes, permitirem que o automobilista avance.

Pior ainda são aqueles velhotes que parece que vivem algures na sua aldeia de infância, onde não existiam carros, atravessando a rua quando lhes dá na gana e sem olhar, independentemente do trânsito local! Isso, e putos a correr atrás de uma bola...

Beijocas!

francis disse...

é verdade.
irritam-me alguns peões que se atiram para as passadireas como donos do mundo, um dia perco a cabeça e passo um gajo qualquer a ferro.

maria inês disse...

Sem falar dos que lhes passam ao lado e ainda se sentem no direito de nos fazer travar, sem medos nem perdão!

escarlate.due disse...

ri-te ri-te, é porque nunca viste nenhuma de salto alto a fazê-lo JOÃO

ou somos civilizados ou somos uma cambada de carroceiros :)
beijo SOFAZITO

oh CYBER, estão a contar as risquinhas, afinal o pessoal deste país tem fama de ser mau a matemática e há que treinar nos melhores locais :)

as coisas que eu aprendo consigo DANTE :)

eh laaa ANA, desculpe mas acho que vou apagar o seu comentário. é que se muita gente o vê já estou a imaginar as passeadeiras todas cheias de pessoal de rabinho para o ar e lupa na mão ali às voltas na esperança de encontrar euros :)

peoa serve TETÉ :) pois olha aqui por estes lados decidiram pô-las com lombas que mais parecem montanhas russas

resumindo DIAS és o protótipo do passeadeiro :)

muito bom, Sophia? tu tem calma olha que aquilo não é para comer. bolas também era só o que faltava :P baci

parece OLHINHOS??? parece??

TETÉ, os velhotes é compreensível porque já treinaram uma vida inteira :P

oh FRANCIS já te estou a imaginar lá no meio da passeadeira de tábua de engomar, ferro eléctrico e um cestinho cheio de gajos :P

INÊS tens de compreender que algumas pessoas não gostem de pisar as risquinhas brancas, não vão elas sujar-se :P

francis disse...

cestinho com gajos ? ómessa...

escarlate.due disse...

costuma ser cestinho com roupa mas tu é que disseste que passavas a ferro o gajo :P
bom fim de semana FRANCIS :)

Å®t Øf £övë disse...

Escarlate,
Nunca te esqueças que as passadeiras são o centro do universo, o local onde tudo acontece...

:)

Desejo-te um bom fds passado numa qualquer passadeira...


Beijinhos.

escarlate.due disse...

passeadeira Å®t, passeadeira que eu não uso essa imitação rasca chamada passadeira :P

beijooooo e bom fds para ti :)

bjecas disse...

Já limpaste o sarampo a quantos?

\m/

shark disse...

Mas já ninguém lhes chama zebras?

shark disse...

"As chama".
(Eu devia seguir à risca o conselho médico de nunca comentar blogues aos sábados antes das 11 da madrugada...)

nOgS disse...

Alegra-me sempre passear por aqui:P

Beijo

heretico disse...

um texto leve, colorido, fresco...

e de um ironia subtil. que prende e faz sorrir...

gostei muito.

beijos

A Luz A Sombra disse...

Conheço um lugar onde as utilizam como parque de estacionamente privado...
Juro que é verdade.
Maria

escarlate.due disse...

oh BJECAS eu já capotei 3 mas não matei ninguém :P

as zebras são as outras SHARK, aquelas que servem para atravessar, naõ têm piada nenhuma :P

estás à vontade NOGS :)

HERETICO estás a dar graxa às passeadeiras?? :D

não precisas jurar ALUZASOMBRA, eu também conheço vários :P