15/06/09

memória

Há momentos que nos são tão queridos que desejamos que nos fiquem na memória para sempre, com todos os seus pormenores, toda a sua cor, odor, som ou sensação...


Outros há que nos são tão dolorosos que damos graças a Deus, Alá, Kami, Kali, Jeová, Brahma ou seja lá que ser sobrenatural for, se nos fizer esquecê-los...


11 comentários:

Sandra disse...

Que os momentos bons durem uma vida e que os maus, a acontecerem, desapareçam num segundo :)

Paulo disse...

Olha para o telemóvel! Tem mensagens e chamadas não atendidas!

Teté disse...

C'est la vie!

É tentar tudo por tudo que prevaleçam os bons momentos, e os maus desapareçam da nossa memória rapidamente...

Beijocas! :)

vício disse...

e será que ao esquecer esses momentos maus, os bons vão ter o mesmo "sabor"?

o brahma tem poderes? ainda bem que nunca bebi disso

bjecas disse...

Lembrar um ou outro momento mau é importante. Diria até fundamental.

Mas Viva as coisas boas, Viva!!!











Agora vou ali mamar uma nimesulida que a vida às vezes tem coisas menos boas pá...

Jocas gaiata

\m/

Olhos Dourados disse...

Concordo!

Nilson Barcelli disse...

É isso mesmo.
Mas há muitos dos segundos que precisamos de tê-los em conta para o futuro...
Querida amiga, desejo-te uma excelente semana.
Beijo.

Å®t Øf £övë disse...

Pois é Escarlate, se há coisa de que não nos podemos queixar nesta vida, é das situações e sensações opostas a que ela nos expõe.
Beijinhos.

Nanny disse...

Já sabes a minha política de vida: Aproveitar e saborear os bons; aprender lições e mandar para o lixo os maus.

Beijinhoooooooos

p.s. - se passar pela praia dou um mergulho por ti

lélé disse...

Por acaso, e não é só para contrariar, eu preferia esquecer, varrer, apagar completamente muitos e muitos momentos que foram muito queridos... pois... foram... precisamente... não são mais...

Capitão Merda disse...

Não gosto de esquecer o que quer que seja!
Seja positivo ou negativo...

;)