23/03/09

intemporal


Não fora o tempo que passamos juntos vendo-nos crescer um ao outro…

Não fora os espaços que partilhamos em risos, abraços, beijos…

Ter-te-ia tido por fantasma, ilusão ou sonho…

Mas sinto-te ainda em mim…

No sorriso que esboço todos os dias.

Na lágrima que aflora sem rolar.

Na ponta dos dedos que ainda te tocam.

E no pensamento que estende a ponte que todas as noites te traz a mim…

como vaga de maré que vai e vem…




21 comentários:

cassamia disse...

lindo!
que viagem tão linda me fizeste fazer logo pela manhã. Obrigada!

vício disse...

já ouvi dizer que há fantasmas que provocam sensações muito reais! será?

Cão(somente) disse...

Não há futuro sem passado. Bom ou mau, faz parte da nossa vida, de nós.
E "fantasmas"... quem os não tem?

Beijo.

apleman disse...

Belo por do sol...

António Sabão disse...

Belo texto! :))) Gostei! :)

Beijinhos

susana disse...

Bonito texto. Seja o que for deixou-te coisas bonitas a avaliar pelas tuas palavras.
Um abraço muito grande para ti
su

Nanny disse...

Continua fugido, esse desgraçado, filho de uma mãe... desnaturado...?

:P

Beijooooooo

MorTo Vivo disse...

Escarlate,

Passe lá pelo meu cemitério tem uns prémios, a sua espera.

PreDatado disse...

A separação nunca é completa.

Teté disse...

Essa é uma boa onda, intemporal... :)

Beijinhos!

Miriamdomar disse...

O pensamento ,permite-nos viagens fantásticas pelo tempo!
Ele estende pontes que devem continuar mas há outras que mais vale abater!
Boa semana!:)

Skywalker disse...

Hoje tb andei todo o dia com um fantasma no pensamento.

beijokas

heretico disse...

belo. à flor da pele. de tão vibrante.
beijo

inês disse...

ai os fantasmas... que dão cabo de nós!!! ou seremos nós deles?

Maria disse...

Belo. Intenso. Sei como é a maré. de ir e vir...

Beijo

Osvaldo disse...

Olá Escarlate;
Real ou Fantasia, a verdade é que o poema está lindissimo...
A prova de que mesmo os "Fantasmas" podem ser motivantes para a realização de sonhos reais.

Salto-Alto disse...

São momentos que ficam sempre marcados em nós, aqueles mais simples mas no entanto mais profundos que passamos com alguém...

Beijinhos!

Isabel José António disse...

Querida Amiga,

Vim parar ao seu blogue em "navegações" sucessivas.

E deparo com um lindo poema que se refere a algo que lhe terá deixado um impressão tão vívida que ainda lhe parecerá presente. Muitos parabéns.



E respondo-lhe assim:

Deixas teu etérico perfume
Preso em memória e coração
Ardes como se fora um lume
Transporte para outra dimensão

Quisera eternizar o momento
Polvilhá-lo com pós de estrelas
Torná-lo em magestoso portento
E olhar as eternidades e vê-las

Se nos quiser visitar, sinta-se convidada.

Um abraço

José António

Pedro Barata disse...

Lindíssimo, sem dúvida! E a foto está espectacular também.
Beijocas

Vanda Paz disse...

Existem pessoas que nunca partem, pois a sua morada é dentro do nosso peito.

Beijo

P´ Akila disse...

É ter sem ter, estar sem estar, sentir sem sentir aquilo que todos julgam que é sentir...
estares sempre mesmo que nao estejas, mesmo que ninguem te veja, tu estas...
Nunca ninguem podera sentir o que não sente verdadeiramente, e so quem sente é que sabe o que sente...