01/03/09

"haja paciência" é uma expressão que faz parte do meu vocabulário

Há coisas que me incomodam verdadeiramente. Uma delas é um tom de voz de decibéis elevado. Provavelmente será pura inveja, mas pressuponho que também seja uma manifestação de alergia do meu sistema auditivo ou da minha débil capacidade compreensível. Este facto tem repercussões na minha própria oralidade que se torna cada vez mais inaudível, o que diga-se de passagem, não me exige nenhum esforço, antes pelo contrário.

Outra coisa que me incomoda sobejamente é o complexo de inferioridade (não, não me enganei) manifestado em repetições sucessivas da palavra eu, seguida de dezenas de adjectivos elogiosos ou de cariz endeusado, contrastando com os depreciativos que o mesmo utiliza para caracterizar os outros. Pior que isso, só mesmo as repetidas frases do tipo “a minha faculdade é a única…” onde se manifesta claramente uma falta de faculdades culturais, exaltada na necessidade premente de elucidar, no mínimo trinta mil vezes, qual a profissão que se exerce, o grau académico que possui ou a eterna titularidade dr.

Nestas alturas só me apetece rir ou proferir aquela eterna frase “haja paciência!”



E por falar em títulos, a titulo informativo: doutores são os médicos e quando muito os doutorados, acrescente-se que, quer uns quer outros, não se transformam só por isso, em pessoas melhores, mais cultos ou evoluídos, o mesmo se verifica em relação aos pseudos, a única diferença é que o pseudismo os torna ridículos.


39 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Pronto, Doutora, escusa de abrir os olhos que a malta acredita! Sim, porque se estás à espera de convencer a malta com essa vozinha à Pato Donald adolescente, bem podes ter paciência... :D

Beijo!

Skywalker disse...

Também não suporto essas coisas. Por isso toda a gente se queixa que eu falo baixo. eheheheh


Beijokas

Nanny disse...

Estava a falar de pseudos ou de possidónios...? LOOOOL

Tens de parar de ir a esses jantares, que te fazem mal!!! :P

Beijooooooooos

Nanny disse...

* estavas

António Sabão disse...

O problema é que a paciência parece que não "abunda" muito por aí, Senhora Doutora (com todo o mérito)! Não andaste a curtir pela UI, pois não? Então toma lá uma beijoca! Heheheheh

Sandra disse...

msubscrevo completamente! e quanto às letrinhas pequinas em baixo... detesto o hábito que ois portugueses ganharam de chamar sr. doutor e sr. engenheiro a toda a gente. não é o título que nos faz melhores ou piores pessoas. doutores para mim são apenas os médicos e os doutorados. a mim, quando me chamam doutora simplesmente respondo "O meu nome é S., não doutora" ;)

cassamia disse...

e nós com um país cheinho deles todos :(

escarlate.due disse...

ouve lá oh Rafeiroso, ainda não curaste a tosga aniversariante, foi??

beijo

escarlate.due disse...

então já somos dois, Skywalker
beijocas

escarlate.due disse...

são quase sinónimos Nanny!!! :P
parar??? é que nem penses!!! aquilo é divertido para caramba! lol
(fogo... eu só digo mata, tu dizes logo esfola...)
beijoooo

escarlate.due disse...

engano seu, António, se existe coisa que sou em abundância é paciente, até chateia :)
retribuo a beijoca :)

escarlate.due disse...

troco o S por um A e faço minhas as tuas palavras, Sandra :)

escarlate.due disse...

dos pseudos, Cassamia? concordo! dos outros nem tanto

Salto-Alto disse...

Idem aspas! (se bem que eu costumo exclamar "haja pachorra!") ;p

escarlate.due disse...

também serve, Saltinho!! ehehheheh

Teté disse...

Xi, logo hoje que me apetecia vir aqui debitar o meu valoroso, grandioso e fascinante "curriculum vitae"? 'Tá mal!!! :D

Ah, ah, ah, até conheço quem faça cartões de visita profissionais, com os títulos de dr. ou engº, após uma breve passagem pela Faculdade... e não estou a falar de políticos conhecidos!

Beijocas!

escarlate.due disse...

estás à vontade Teté, mas olha não acrescentes ao CV aqueles hobbies do tipo "andar a pé" "viajar" e afins
:P

r disse...

pena ser do "meu vocabulário" :)

Sofá Amarelo disse...

Sim, «haja paciência» porque a maior parte das vezes não a tenho, hehehe... quando alguém no multibanco à minha frente se põe a brincar com os cartões é motivo para eu dar meia volta e zarpar... quando alguém conduz mesmo em cima de mim, guino para a direita e deixo-o passar... não chamo nomes mas acho que este gesto diz tudo, hehehe... de resto, ando sempre nas calmas e a fugir das situações complicadas e das pessoas desinteressantes... dantes ainda fazia fretes, agora népia... o tempo é um bem escasso...

Beijokas!!! Boa semana!!!

Maria disse...

Como percebo do que falas... às vezes são os mais incompetentes e pequeninos...

Beijo

eu disse...

Antes do mais obrigado.
Quanto ao nível de decibéis, isso já mexe comigo, afinal é a minha especialidade, e reconheço, que prefiro fazer som a qualquer banda que seja, por mais ruidosa que seja, que ouvir alguns imbecis... :)
Beijinho

lélé disse...

Acho que, muitas vezes ou quase sempre, quem abusa da palavra "eu" e a utiliza da forma como referiste, nem sempre se apercebe da quantidade de informação "secreta", que está a deixar fugir!... Mas não podemos "devolver" essa informação, sob risco de apanharmos com um discurso, muito em voga, diga-se de passagem, de vitimização...

calamity jane disse...

... Pois... Portugal deve ser dos únicos países do mundo em que qualquer licenciado é doutor, o que, com estas novas licenciaturas da era bolonhesa vai criar umas figuras engraçadas: o doutor que confunde 'à' com 'há' e que conjuga 'dever' como se fosse um verbo intransitivo...

bjecas disse...

A senhora do ACP acabou de me telefonar e tratou-me por dr. bjecas. Achas que reclame?

Jocas gaiata

\m/

Sam disse...

E-ficas-chateada-pois-com-certeza-que-ficas?
lol
beijo doce e boa semana amiga!

inês disse...

e está escassa a paciência! Um dia destes vamos ter que a pagar!!!

vício disse...

será que uma coisa não estará ligada à outra?
como se sentem inferiores, falam mais alto para que os outros não sintam a mesma coisa por eles!

escarlate.due disse...

também pode fazer parte do seu, R
:)

escarlate.due disse...

o tempo é um bem escassissimo, Sofá!!! :)

escarlate.due disse...

achas, Maria?? ;)
beijo

escarlate.due disse...

oh Eu, mais baixinho, sff!!! :)

escarlate.due disse...

do tipo pena, Lelé?? aquela coisa que eu não tenho porque quem tem penas são as galinhas e eu não sou uma? :)

escarlate.due disse...

há mais Calamity, há mais, embora não muitos felizmente

escarlate.due disse...

não Bjecas! tu és do role da batinha branca, portanto vale tudo menos tirar olhos :P
beijo, miúdo

escarlate.due disse...

seria preciso muito mais para me chatear, Sam, oq ue não é nada fácil :)
doce beijo e boa semana também para ti

escarlate.due disse...

oh Inês tu não dês ideias dessas ao governo senão não ganho para o gasto :)

escarlate.due disse...

achas mesmo, Vicio??? nnnnaaaaa que ideia
:)

Pedro Barata disse...

Digo isso tantas vezes... ;)

escarlate.due disse...

então Pedro, prepara-te porque acho que vais ter de dizê-lo muitas mais