17/05/09

Não sei se na versão masculina também resulta, mas na feminina parece ser tiro e queda.

Nunca entendi muito bem porque razão circulam imensos automóveis nas estradas, aliás de dia para dia cada vez são mais, nem os impostos, nem a crise e nem tão pouco o preço da bebida de que se alimentam faz abrandar a reprodução, que nem cogumelos na floresta ou coelhinhos férteis. Mas o que realmente nunca percebi foi porque diabos havendo tantos de todas as cores, feitios, qualidade (e falta dela), tantas marcas e modelos, aqueles senhores embicam sempre em fazer parar o meu que até é maneirinho, discreto, vulgaríssimo.

Este facto faz com que todo o cuidado seja pouco (e esse cuidado não é propriamente o meu forte) e tudo esteja sempre em ordem, sem que nada seja esquecido (o que de todo não é mesmo (!) o meu forte). Assim sendo, corro sempre sérios riscos de a coisa dar para o torto. Vale-me por vezes a simpatia, a paciência e mais qualquer coisinha que alguns daqueles senhores felizmente (para mim) têm.

- Bom dia. Documentos, sff.

Abro a mala, retiro da carteira o imenso lençol substituto da carta que demora “no mínimo 4 meses” a renovar – disse a funcionária e nem a minha pergunta “mas quem dá despacho a isso ainda está a aprender a escrever o nome?” a demoveu ou fez reduzir o tempo e em vez de resposta apenas obtive um singelo sorriso cúmplice – mais o BI, que eu ainda não tenho aquele cartãozinho engraçado com uma minúscula foto do lado esquerdo que é preciso uma lupa para ver. E eis que quase entro em pânico! cadê a porcaria da carteira dos documentos da viatura???? Tou lixada!!!”

Valeu-me um rasgo de luz, enquanto o senhor de carta e BI na mão dava a volta ao carro, até se quedar de novo junto à minha janelita aberta, olhando para o banco traseiro onde certamente viu as garrafas de água, casacos, mochila no portátil, a pasta, livros, papéis, dossiers, pacote de bolachas, chapéus-de-chuva... Abri a portinhola do porta-luvas que à excepção de luvas tem de tudo um pouco (sorte a minha fazer daquilo caixote do lixo), desde talões de supermercado, de multibanco, recibos de contas, papéis do tempo da minha trisavó, cartões que provavelmente já passaram de prazo, post it que me vão deixando ou deixo eu no carro para não me esquecer de algo, mais os papelinhos dos parquímetros, o cartão de estacionamento, o pacote dos lenços de papel, o talão do macdrive, and so on. Saco o amontoado e com o ar mais angélico que me foi possível, estendo-o ao senhor

- Importa-se de procurar o que interessa, creio que está tudo aí e eu não sei bem quais são, nem sempre ando com este carro… (o que não é de todo falso, pois por vezes ando a pé ou de bicicleta)

Simpaticamente o senhor passou os papelinhos e cartõezinhos um a um e devolveu-me tudo com um lindo sorriso (é verdade! Ele tinha mesmo um lindo sorriso)…

- Obrigado. Pode seguir. Boa viagem.

É que nem pestanejei!!! Arranquei de imediato!!


28 comentários:

Anónimo disse...

Pois...mesmo...sério.:D

vbm disse...

Vi, na faixa direita do teu blog, o livro do "Cisne Negro" do Nassim Taleb. Leste!? Eu fiquei encantado. No entanto, Keynes, o pai da macroeconomia, embora tivesse a preocupação insistente de saber números, servia-se das estatísticas só como estímulo para imaginar modelos e explicações causais, qualitativas, (propensões=probabilidades) dos fenómenos. Ainda bem que surge quem denuncia de novo a falácia das previsões na base da curva em forma de sino!

:)

Rafeiro Perfumado disse...

Ele deixou-te ir porque teve medo que lhe pedisses para te ajudar a arrumar o carro. É que pela descrição, nem com polícia de choque eu me atrevia a entrar nessa parte de trás!

Inês Brito disse...

Deve ser uma atracção natural! É do teu perfume, só pode xD

Bj,
(i)

OnlyMe disse...

Se calhar não era só ele que tinha um sorriso lindo!... Lool

Jinhos :)

PS. Vou estando... (tem de ser - o mundo não pára). Obrigada pelo cuidado! :)

Soraia Silva disse...

Bem...
Será que no teu carro ao menos, ainda tem um espacinho para mais uma pessoa? ou é apenas transporte para objectos? ehehehe

beijinho :)

nOgS disse...

Sua marota, a fazer uso da sedução para te safares e ainda levaste com um gajo de sorriso lindo. :P

Beijo

Intruso disse...

eles mandam parar os piores e os melhores carros. os do meio têm mais hipóteses..

Gata Verde disse...

Olha a sortuda!!
Calhou-te logo um 'carbinieri' todo giro...
;)

beijocas

CybeRider disse...

Comigo não resulta!

Aliás, passe a publicidade, mas num momento em que pensei nisso, saiu-me isto:

http://outranaferradura.blogspot.com/2009/02/os-seus-documentos-por-favor.html

É que, mesmo quando sou parado por senhoras, elas assumem aquela atitude masculina que nos tira logo a vontade de sorrir. Não é como nos filmes. Qualquer graçola - mesmo com nível - da nossa parte dá logo azo a um mau clima que se instala, e vem logo "O" camarada protector em auxílio, que nunca vi uma brigada estritamente feminina...(Ainda há coisas que parecem iguais, mas não são. - E pelos vistos ainda bem, que se salve alguém pelo cavalheirismo).

Ana disse...

Hummmmm acho que vou tentar adoptar essa estratégia... é que todos os fins-de-semana, mas todos mesmo, esses senhores resolvem fazer-me chegar a casa mais tarde. Eu costumo dizer que já sou licenciada em "soprar o balão"!

Acho que a única vez que me mandaram seguir sem ter de fazer mais nada, foi quando peguei nos documentos que estavam ao meu colo e disse:

"olhe, ainda nem tive tempo de os guardar porque acabei de os mostrar ao seu colega ali atrás"

Vê lá a sorte que eu tenho...

Jonice disse...

Belíssima estratégia :)

Lembrei dessa piada bonitinha:

Sabe o que o coelhinho disse pra coelhinha na noite de núpcias?
- Vai ser bom, não foi?

Have a sweet nice week, Escarlate! And keep your glove compartment always helpful :)

Beijo

Paulo disse...

Na volta era o mesmo que te perguntou pelo triângulo e tu abriste a bagageira e começaste a revolver a tralha toda enquanto dizias: se me der uma ajuda eu encontro porque ele está aqui de certeza!
A cara de pasmo do polícia a olhar para ti.
Nós desatámos a rir e o polícia perguntou: é sempre assim?
E o Pedro respondeu: Não, a maior parte das vezes é pior!
Se não fosse a nossa ajuda a esta hora ainda lá estavas a procurar o triângulo.
looool

Teté disse...

Também ainda não percebi porque é que demora tanto tempo para renovar a carta (também tenho um papel desses, que dura para dois meses, depois tenho de ir lá arranjar outro substituto deste e assim por diante, até a dita carta chegar) rsss!

E polícias, pois, há de tudo: simpáticos, antipáticos, assim-assim! Sorte é apanhar um simpático e com um bonito sorriso... :)

Beijocas!

Sophia disse...

LOL! Isso não é um carro, é um armazém! ;) Mas está visto que tem as suas vantagens!

Baci

Olhos Dourados disse...

Já me apareceu assim um simpático e lindo!=)

francis disse...

o que não vale ser gaja...

a versão masculina comigo nunca resultou.

Água Ardente H2Oh! disse...

;) ahah..adorei Escarlate, sinceramente não estou nem um pouco preocupada se a versão masculina resulta, só houverem bofias femininas aí!!! O que importa é que estamos safas! O meu carro é normalissímo assim como o teu!!! Beijinhos e obrigada pela tua visita no Sexo...H2Oh!

antónio paiva disse...

...

o amor é tão bonito.

e lá diz o ditado: todos os malucos/as têm sorte.

:p:p:p

(se não for nesta será noutra encarnação. o noivo será um fardas)

lol

beijoooooooo

vício disse...

espero que o porta luvas da bicicleta não esteja no mesmo estado!

Miriamdomar disse...

Eu não tive tanta sorte com a farda masculina!
Fui apanhada em flagrante delito, ao telemóvel!
Mandou-me parar, quando eu estava a encostar o carro ao passeio!Pediu os documentos e ao mesmo tempo ,eu tentava explicar a razão porque era urgente e inédita a situação !
Fez um sorriso e disse " por esta escapa"! Alguns dias depois, recebo por correio a multa, para pagar!
E esta hem?!

bjecas disse...

Imagino esses olhões a pestanejar ao simpático bófia. Vantagem de ser gaja... e de ter olhos, claro.

Jocas gaiata

\m/

ParadoXos disse...

ainda bem que existimos como "blogosféricos" pra realizar espaços assim... como este!
gostei da viagem porn aqui, é de um regresso... sem dúvida!

abraço fraterno!

susana disse...

ahahahah:) teve graça... n é por nada mas acho q o meu carro- quando o tiver- também hade ser assim..
enfim:)
Eu tb cosumo er esses rasgos:) podia ter sido eu a escrever este pos... se tivesse carro proprio:)
um abraço
su!!

Maria disse...

Sortuda.......
:))

beijoooo

carpe vitam! disse...

também resulta na versão masculina. no outro dia uma mulher polícia mandou-nos parar, pediu os documentos e desenrolou-se a cena que descreves com a diferença que o carro era meu mas eu estava de pendura, o meu condutor fez um sorrizinho à mulher e mostrou-lhe a colecção de cartas verdes, inspecções e afins que lhe fui passando, que ela fingiu que via com toda a atenção enquanto lhe pedia pra soprar no balão. Digo fingia porque depois é que me apercebi que ainda tinha a colecção dos papéis do imposto de circulação no porta luvas que ela não pediu, para além de uma incongruência estúpida na carta da inspecção que ela não viu.
Só pode ter sido o sorriso dele...

rascunhos disse...

Bem que sorte lol
tenho cenas incriveis com policias. A ultima vez q me mandaram parar foi demais, o policia cheirava a vinho que não se podia.E começou a implicar com o meu filho de 13 anos chamamdo-o de "O senhor aí, ninguém o mandou sair da viatura"

lol

Pedro Barata disse...

Vantagem de ser mulher! ;)
Beijinhos