24/11/09

Circular na rua, nas lojas, nos centros comerciais, jardins, transportes e demais locais públicos e a todo o momento ouvir filhos não sei de quem ou vai para a con@ da tua mãe é capaz de ser uma música agradável para alguns e nesse caso serei eu que tenho mau gosto (ou não…)

Está bem, chamem-me puritana, antiquada e o raio que o parta, porque eu nem me importo de ter um desses famosos rótulos a enfeitar-me, afinal há outros bem piores. Mas nem por isso vai deixar de quase (porque total é difícil) me irritar passar no raio de um corredor de escola ou universidade e ouvir a toda a hora, em altos berros caralh… fod… e afins como se estivessem a utilizar a linguagem mais delicada do mundo.

Pior ainda é ficar na dúvida se tais palavritas farão parte de um novo acordo ortográfico declaradamente assumido por professores (e srs drs ou stôres ou profs drs...) já que o mesmo se ouve nas magestosas boquinhas dos ditos cujos. Sendo assim, deverei adquirir o excelente e completo dicionário?...

Ok, palavrão toda a gente diz pelo menos 1 vez na vida, o mais não seja quando bate com a merd@ do carro, quando parte a porra dos ovos ou quando recebe a put@ da conta do gás ou mais grave, quando olha para o caralh@ do recibo de vencimento e percebe que alguém o está a fod..., mas… é mesmo preciso a toda a hora, a todo o momento e como se tivesse um megafone colado aos beiços, dizer cinco asneiras em cada duas palavras (não, não é erro de contas)?!

Caramba, não exagerem porque o dicionário, com ou sem acordo ortográfico, tem mais palavrinhas e a língua portuguesa embora traiçoeira, até é rica em vocábulos.


14 comentários:

Maria disse...

Juro que me puseste a gargalhar...
Ainda estou!!!

Beijo

Anónimo disse...

...

e olha lá palavrão tem hora? tem recibo? tem classe social, ou sócio-político-profissional?

fod@-seeeee que já não querem que eu fume, isto para já não falar de f@@@@@, e agora vens tu criar-me complexos por ser estúpido e mal-criado?

d@@@@@@@@sssssssssss

toma lá um beijo e pronto

a.p.

Anónimo disse...

...

ok,ok,ok...

já sei que isto é o blog de gente-de-bem, e frequentado pelas melhores familias.

mas às vezes passo-me-o-que-é-que-tu-queres?

a.p.

Teté disse...

Estou de acordo contigo em número, género e grau! Um palavrão solta-se de vez em quando, mas a toda a hora até chateia. O pior é que antigamente dizia-se que a malta do Norte falava "mal", isto é, em cada frase um ou mais palavrões, mas começo a não a distinguir da do Sul...

E depois ainda há quem ouça um palavrão e desate a rir com a maior boçalidade, como se um palavrão fosse uma piada inédita e cheia de graça!

Se isso é ser antiquada, também sou: não gosto desse linguajar e pronto!

Beijocas!

Teardrops disse...

Como diriam algumas dessas pessoas delicadas... e se eles fosses para o car***** :P

Ouvidos sensíveis que tu tens... apanhas logo o que não deves :-)))

Beijoooooooooos

Paulo disse...

Confessa que o que te irrita é o megafone colado aos beiços porque tu nem com megafone consegues esse timbre de voz, invejosa ;-)

lélé disse...

Por acaso é muito chato a gente utilizar tão corriqueiramente os palavrões!... A brincar, a brincar, eles gastam-se, ai gastam, sim!... Às vezes sinto necessidade de um palavrão assim, um palavrãozão mesmo, sabes? Mas já não há... tá tudo gasto...

António Sabão disse...

Concordo! M@s dizer um@ c@r@lh@d@ de vez em qu@ndo é porco m@s @livi@!!!

Beijinhossss

heretico disse...

ai ai... e pimenta na língua? lol

(tens razão - triste sinal dos tempos)

beijo

Zeca disse...

Ora viva
Espero que tudo bem, por ai.
Por cá vamos andando à espera que o verão chegue.
Como não podia deixar de ser, lá tive de roubar o teu palavrão, lol

Fica bem

mfc disse...

Um palavrão bem empregue é uma delícia... a vulgaridade é terrível!

Uma Loira sem principios disse...

Ou têem grandes necessidades de afirmação... ou simplesmente nunca ninguem os fez sentir mal com o que diziam... e que tal por a cara de tacho numero 5 e quando ouvir.. por exemplo caralho poruqe nao perguntar... se a pessoa em questao gosta tanto de o ter na boca...


Bjs...L

CybeRider disse...

Depende do meio, da cultura, da instrução, da educação, da insanidade. Sei que me eriça o pêlo quando vou com companhia, à antiga, ainda me dá ganas de sacar da espada e fazer alguém em tiras, depois vejo-me na montra da loja e penso: "lá estás tu D. Quixote, tira lá o penico da cabeça e deixa-te de coisas, são jovens, estás é com inveja da liberdade e do viço", e lá me enrosco na capa e desapareço... Não que me caia melhor ou me convença; mas se até as que estão com eles aceitam a linguagem, quem sou eu?...

É certo que se fere a minha liberdade, não deveria ser certo, mas também constato que a minha liberdade é como a minha consciência: "uma ditadora louca", só outra que me domina, e a ser como ela manda o mundo talvez andasse alinhado a som de clarim. Estarei eu mais certo com os meus pudores sentidos e tolices incautas, apesar da linguagem menos acutilante?

陳奕迅Eason disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色